VANTAGENS E DESVANTAGENS

A iluminação artificial é um dos setores de consumo de energia elétrica que pode ser, em grande parte, substituído pela luz natural proveniente do Sol. Além da economia proporcionada, a iluminação natural atende as necessidades físicas e psicológicas dos seres humanos.

Segundo SICK, 2002 o uso da iluminação natural é a oportunidade de contribuir para a saúde da visão, do conforto visual e o bem-estar das pessoas. Pesquisas apontam para uma maior desempenho em trabalhos realizados em sala de aula/ escritório em que havia o contato direto das pessoas com a luz natural.Esse resultado se deve em parte ao fato de que a luz natural apresenta definições de cores muito mais reais que a luz artificial, e a visualização do meio externo, proporciona o conhecimento aproximado das horas do dia e das mudanças climáticas e atmosféricas.

Assim, as vantagens do uso da iluminação natural são a qualidade da luz, a comunicação com o exterior, conservação da energia, bem como economia.Todavia, dependendo da orientação solar, bem como da qualidade da circulação de ar, uma elevação indesejada da temperatura poderá ocorrer, podendo levar a um aumento do consumo de energia elétrica devido à necessidade de usar sistemas de resfriamento de ar.

A iluminação natural pode ser lateral ou zenital, a vantagem da segunda é oferecer maior uniformidade e maior iluminância média sobre a área de trabalho do que uma superfície iluminante lateral.Sendo a zenital indicada para locais profundos e grandes espaços contínuos. Porém não se deve ter área iluminante zenital maior do que 10% da área do piso, pois senão teremos problemas térmicos, devido à concentração de calor* 1 que pode ser evitada através de uma boa orientação solar e boa circulação de ar *2 .

Devido à dependência das condições externas, tanto a iluminação zenital quanto a lateral, não se tem luz suficiente para todo o tempo diário de iluminação, além de em dias nublados e chuvosos a quantidade de luz que chega até nós reduzir consideravelmente, fazendo com que se utilize iluminação artificial. Já que não é possível dominar o Sol, faz-se necessário o controle deste através de sua transmissão e distribuição. Assim sendo, como a luz direta deve ser evitada no plano de trabalho, a luz proveniente de fonte zenital pode ser redirecionada (através de placas sombreadoras, como brises) e refletida (tirando partido de elementos refletores da luz, como as paredes *3 ).

Além de não poder superar 10% da área de piso e precisarmos de elementos redirecionadores de luz, bem como sombreadores; outra desvantagem da iluminação zenital é o seu alto custo inicial, assim como a necessidade de manutenção adequada. Isto porque os elementos utilizados neste tipo de iluminação por sua localização e forma, tendem a acumular pó e sujeira diminuindo rápida e sensivelmente a transmissão da luz.

*1 Um estudo feito em um depósito da Fábrica Robert Bosch (situada na cidade industrial da cidade de Curitiba-PR) demonstrou que mesmo com a utilização de 30% de área de cobertura translúcida, não foi observado desconforto térmico, isso porque o pé-direito da fábrica bastante alto, em torno de 6m, além da pequena permanência de pessoas no recinto.

*2 .A iluminação zenital é que essa propicia naturalmente boa ventilação natural pela facilidade de propiciar o efeito chaminé.

*3 As paredes de cores claras refletem mais luz.

 

 
 Histórico
 Conceito
 Tipologia
 Vantagens/Desvantagens
 Exemplos
 Links
 Sobre o Trabalho