*Adobe

*Pães de barro

¡Pau-a-pique!

*Reboco Natural

*Stranglehm

*Superadobe

*Taipa de Pilão

*Taipa Leve

[?] Início

[?] A terra

[?] O histórico

[<] As técnicas

[?] Os projetos

[?] A oficina

[?] O futuro

[?] Créditos

[?] Bibliografia

Pau-a-pique ou taipa de supapo

A técnica de construção do pau-a-pique constitui-se em barro aplicado sobre um entramado de bambu.

1) Entramado:

Usa como estrutura peças maiores de bambu ou madeira postas verticalmente nos vértices e horizontalmente formando grandes quadrados.
É recomendado que a fundação seja de tijolo ou de pedra e que suba pelo menos a 30cm do solo para evitar umidade. Peças de madeiras bem dimensionadas permitem a construção de um segundo pavimento.
Para fixar as ripas finas, cava-se uma vala de 30cm de profundidade no local das paredes, e então se enterram as ripas verticais e as pregam nos apoios horizontais, daí as cavas podem ser preenchidas (com o mesmo material das paredes). Em seguida colocam-se as ripas horizontais formando um entrelaçamento entre elas (fixas entre si e nos apoios com pregos ou sinsal).

Depois de erguida toda estrutura o taipero escolhe onde irá colocar as portas e as janelas, e faz aberturas com serrote e coloca um "caixão" nos vãos criados. Então, antes de aplicar o barro sobre a estrutura criada, coloca-se madeiramento no telhado e cobertura garantindo que possa manejar sua casa protegido de chuva, deixando um beiral de 50cm a 1m para proteger as paredes da chuva (palha, folhagem de coqueiro, palha de buriti e barnaúba ou telha comum são as coberturas mais utilizadas) um revestimento a base de cal pode se aplicado para dar maior durabilidade às paredes.

2) Barro:

O barro utilizado no preenchimento e selecionado através de escavações em diferentes locais. São feitas bolas de barro com água, e as que menos racharem ao secar indicarão o barro a ser usado. A mistura do barro com a agua é feita com os pés.
O barro deve ser bem arenoso, ate 60% de areia, pode-se adicionar areia na mistura até chegar à "liga". Após algumas semanas é normal o barro apresentar rachaduras, então deve-se fazer um novo revestimento, este alisando a supefície com as mãos. Um melhor acabamento pode ser feito em uma terceira barreada; desta vez é bom utilizar cimento ou cal misturado com o barro a fim de garantir uma melhor resistência.

para baixar a cartilha desenvolvida pela CSA arquitetura para a construção de casas em taipa em Pau a Pique clique aqui! (ps: muito bom!)