UM GRANDE ARQUITETO E SUA OBRA

(CLIQUE NAS FOTOS PARA VÊ-LAS AMPLIADAS)

Sir Norman Foster


País de Nascimento: Inglaterra
Ano de Nascimento: 1935

Nasceu em Manchester em 1935, cidade onde estudou Arquitetura e Urbanismo, e mais tarde fez curso de pós-graduação na Universidade de Yale (USA).

Retornando a Londres, fundou o escritório de arquitetura Team 4 (1963-1967) junto com Richard Rogers (colega de estudos em Yale), Wendy Cheesman (sua futura esposa) e Georgie Wolton. Este grupo de profissionais se consolidou na realização de projetos residenciais e edifícios industriais.. Entre os anos de 1968 e 1983, Foster também colaborou em diversos projetos com Buckminster Fuller.

25 anos mais tarde, em 1992, passou a ser Sir Norman Foster & Partners, uma empresa internacional que há recebido mais de 60 distinções e prêmios, e conquistado 14 grandes concursos internacionais. Atualmente conta com escritórios em Berlin, Frankfurt, Hong Kong, Nimes e Tókio e um staff de 180 arquitetos, designers, maquetistas e suas respectivas equipes. Em 1983, Norman Foster recebeu a medalha de Ouro de Arquitetura e em 1990 lhe foi outorgado o titulo de Sir. É doutor "Honoris Causa"do Royal College of Art de Londres, recebeu em 1991 o prêmio Mies Van de Rohe de arquitetura européia, a Medalha de Ouro da Academia Francesa de Arquitetura. e mais recentemente o "Arnold W. Brunner Memorial Prize" da Academia de Artes e Letras de Nova York

Seus primeiros desenhos eram projetos austeros, sem elementos decorativos, como por exemplo no edifício da "Reliance Control em Swindon (Inglaterra, 1966). Mais tarde evoluiu no emprego de superfícies curvas e na utilização de um amplo leque de materiais construtivos,. Um passo importante neste processo é a sede central da Willis, Faber & Dumas em Ipswich (Inglaterra, 1975), com sua ondulante fachada de vidro ergue-se sobre o solo irregular. Outro exemplo da evolução do arquiteto na complexidade formal pode ser visto no terminal do aeroporto de Stansted em Esex (Inglaterra, 1991), onde as grandes coberturas sustentadas por colunas arborescentes e tensores metálicos lembram fortemente as estruturas de arame dos primeiros aeroplanos. Outro exemplo revelador de sua precisão pelos detalhes, combinada com uma impressionante concepção globalizadora, são os escritórios centrais da Hong-kong & Shangai Banking Coorporation , em Hong Kong (1986), considerada por muitos críticos como a obra prima de Norman Foster.

Outro dos interesses que aflora na sua trajetória, é o desenho e planejamento urbanísticos, materializado em estudos gerais para várias cidades (Berlin e Cannes, entre outras), e em planejamentos parciais como os da área de King Cross (Londres,1988), ou a ordenação urbana da Exposição Universal de Lisboa de 1998. Também realizou obras no campo da engenharia, como a Torre de telecomunicações de Collserola em Barcelona (Espanha, 1988-1992) e o conjunto do metrô de Bilbao (1988-1995). Entre seus projetos ainda não realizados destaca-se um gigantesco prédio de forma cônica que alcançará 1000 m de altura.

Os trabalhos de Sir Norman Foster & Partners são exibidos em Londres, Nova York, Paris, Lyon, Tókio, Berlin, Madrid, Barcelona, Burdeos, Venecia e Milan. Seus trabalhos estão representados na coleção permanente do Museu de Arte Moderno de Nova York e no centro Georges Pompidou de Paris.

A obra de Norman Foster em Imagens:

Willis, Faber & Dumas, 1970, Ipswich.

Sainsbury Center for Visual Arts, 1974, Nordwitch.

Stansted, aeroporto em Esex, Inglaterra, 1980.

Renault Distribution Centre, Swindon, 1980.

Hongkong & Shanghai Bank, Hong Kong, 1979.

Telecomunicações, Torre de Collserola, Barcelona, 1988.

VEJA MAIS

Novo Parlamento Alemão, Reichstag, Berlin, 1992

PROJETOS

Olympic Stadium, Paris, 1994.