Policarbonato

Antes restrito a pequenas áreas em construção menos elaboradas, o policarbonato está progressivamente conquistando espaços mais nobres na arquitetura. Com a vantagem de ser curvado a frio na própria obra, permite uma enorme versatilidade nos projetos e maior liberdade na criação arquitetônica. Constitui uma opção para aplicações diversificadas em coberturas e fechamentos de piscinas, clarabóias, jardins de inverno, pátios internos ou passarelas de interligação entre edifícios.

Suas características técnicas, como segurança, leveza, flexibilidade, isolamento termo-acústico, capacidade de oferecer alta resistência aos impactos e ainda ótima translucidez permitindo a iluminação natural; respondem pelo bom resultado que o produto vem alcançando no mercado brasileiro.

O Policarbonato pode se encontrado sob diversas espessuras e formas, sendo as chapas planas Alveolares e Compactas e as Telhas de Policarbonato as mais utilizadas e disponíveis no mercado.

 

Chapas de Policarbonato Alveolar

leveza - luminosidade - resistência

 

O policarbonato em chapas alveolares, possibilita uma ampla utilização na construção civil graças as suas características de alta resistência, transparência (assegurando uma sensível redução de custos de energia), leveza e longa durabilidade.

As chapas alveolares de policarbonato têm uma excepcional resistência a ação do tempo, graças ao tratamento que as chapas são submetidas contra a ação dos raios ultravioletas.

Estas chapas são produzidas com a técnica da co-extrusão, que permite utilizar o policarbonato com elevado teor de U.V. (ultra-violet absorver) e de estratificá-lo próximo a superfície de um dos dois lados das chapas. Este lado, instalado voltado para o exterior da construção, absorve os raios ultravioleta.

Na sua instalação exige estruturas mais leves e de menor custo quando comparado com o vidro.

 

Resistência aos impactos

Prova de queda em chapa alveolar  

Superfície livre: 40/20 - altura da queda: 1,00m

Dimensão da amostra: 100 x 100

Característica importante: Policarbonato alveolar é, seguramente, o mais resistente a impactos entre os materiais termo plásticos utilizados na construção civil. As obras realizadas com alveolar tem um elevado grau de segurança, sobretudo em utilizações particularmente difíceis. Por ser de alta resistência, com nenhum risco de quebra, alveolar obtém sensível economia no transporte e na utilização final.

Teste

Peso (KG)

Energia de queda (J)

Flexa (mm)

Resultado

1

2,0

19,6

9,5

Nenhum dano

2

2,4

23,5

11,0

Deformação na

3

2,7

26,5

12,0

zona de impacto

4

3,2

31,5

-

Placa perfurada sem fragmentação

 

Transparência luminosa

O policarbonato Alveolar é produzido em 5 tonalidades: cristal, branco-leitoso, bronze, fumê e azul.

Isto permite a escolha da transmissão luminosa que se deseja, entre 83% e 42%. Além disso, existe o efeito interessante da difusão luminosa causado pela geometria dos alvéolos.

Espessura
das chapas
(mm / N.ºparedes)

Transmissão
luminosa %

 

Cristal

Branco
leitoso

Bronze

4.5 / 2

83

-

-

6 / 2

82

70

54

8 / 2

81

-

-

10 / 2

80

50

46

10 / 3

79

48

40

16 / 2

78

-

-

16 / 3

76

35

31

20 / 2

82

-

-

 

Raio de curvatura

As chapas alveolar podem ser utilizar utilizadas para soluções em arco, curvado a frio, na ocasião da sua instalação. Neste caso é importante evitar o sobretensionamento da chapa. Consequentemente, observe sempre raios de curvatura superiores a 150 vezes a espessura da chapa empregada.

 

Auto extingüíveis

A chapas de policarbonato alveolar são autoextinguíveis à ação do fogo e não liberam gases tóxicos.

 

Garantia

As chapas de policarbonato alveolar tem garantia de 10 anos contra o envelhecimento e perda das características visuais.

 

Isolamento térmico

O policarbonato Alveolar permite obter uma sensível economia energética devido aos elevados valores de isolamento térmico, obtido através do colchão de ar do policarbonato.

Espessura das chapas
(mm / N.ºparedes)

Isolamento térmico

4.5 / 2

4

6 / 2

3,6

8 / 2

3,3

10 / 2

3,2

10 / 3

3

16 / 2

2,8

16 / 3

2,6

20 / 2

2,7

 

Coeficiente de dilatação térmica

Deve ser calculada uma expansão ou contração de 0,065mm/mº C. Este valor é mais elevado do que outros materiais como o alumínio e o aço, empregados normalmente em serralheria. Por isso, é importante e necessário calcular o valor da dilatação para haver um correto encaixe das chapas.

 

Sugestões práticas

As chapas podem ser furadas, cortadas com ferramentas comuns (serra circular, serrote dente fino). Depois de terminados os serviços de furação e corte, utilize jatos de ar fortes para eliminar possíveis resíduos do produto dentro das câmaras.

É aconselhável a limpeza das chapas a cada dois anos, utilizando-se água e sabão neutro. Não utilize ferramentas abrasivas ou solventes.

 

Utilizações

As chapas alveolares apresentam um conjunto de características muito interessantes para soluções que requerem ao mesmo tempo:

- aproveitamento da luz natural com difusão;

- isolamento térmico;

- elevada segurança pela alta resistência a impactos;

- favorável relação peso/m2;

- estabilidade das características ao tempo

 

Em projetos comerciais

Ligações de pontos através de túneis transparentes, coberturas e uso externo em shoppings, hospitais, hóteis, escolas, prédios comerciais, estádios esportivos, escritórios, clínicas, banco 24 horas, boates e discotecas, entre muitas outras utilizações. Também é utilizado como divisória em escritórios e hospitais.  

 

VISTA INTERNA DA COBERTURA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE  MARÍLIA

 

 

COBERTURA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS - MARÍLIA/SP

 

TERMINAL DE ÔNIBUS - SP

 

 

Em projetos industriais

Cobertura de galpões, complementos de paredes de fábricas e clarabóias para aproveitamento máximo da luz natural e economia de energia.  

COBERTURA DA ÁREA INTERNA QUE LIGA OS SETORES ADMINISTRATIVOS DA MARILAN S/A BISCOITOS - MARÍLIA/SP

 

Agricultura

Estufas onde se exige bom isolamento térmico. Alveolar oferece alta resistência a baixas temperaturas.

 

Características dos perfis

Perfis em policarbonato - comprimento: 5.800 e 6.000

H

mm

a

b

c

d

e

M 630

6

60

75

9

6,5

12

 M 631

10

65

80

13,5

10,5

12

M 632

16

75

90

20

16,5

15

 

   U

mm

a

b

c

d

     M 633

6

25

20

8,5

6,5

     M 634

10

30

25

12,5

10,5

     M 635

16

35

30

18,5

16,5

 

Características das chapas

Espessura (mm)

Peso (g/m2)

Largura x comprimento (mm)

* 4,5

1000

 

6

1300

Dimensões standard

8

1500

 

* 10

1700

2100 x 5800

10

2000

1050 x 5800

10

2000

 

10

2700

outras medidas sob consulta

16

3000

 

 

Tolerâncias: comprimento: 0 + 30mm / Peso: ± 3%

Seção típica

A B
4,5 6-9
6 6-9
8 9
10 9
10 9
10 20
16 20
16 20

 

Tolerâncias: Espessura de 4mm até 6mm: ± 0,5 mm de 8mm até 16mm: ± 1,0mm

 

 

 

 

Chapas de Policarbonato Compacto

A beleza e a transparência do vidro, a segurança do aço  

Leve - Flexível - Durável - Transparente resistente ao impacto

Cores transparentes: Cristal / bronze / fumê / azul / verde

Cor opaca: Branco leitoso

 

O Policarbonato caracteriza-se por possuir alta transparência, que pode chegar acima de 90º. Essa transparência é conseguida graças à sua estrutura amorfa. Dentre todos os termoplásticos, o Policarbonato é o que possui maior resistência ao impacto, sem qualquer aditivação, a não ser os elastômeros.

Devido à sua grande resistência ao impacto, o Policarbonato é utilizado em muitas aplicações.

A produção das chapas utiliza a alta tecnologia da coextrusão, a qual, aumenta a resistência aos raios ultravioletas solares.

A temperatura de amolecimento (VICAT) do Policarbonato é de 150ºC, permitindo aplicações onde a temperatura de trabalho chegue a 130ºC, e a raios ultravioletas.

As chapas compact apresentam densidade de 1,2g/cm3. Esta característica proporciona benefício de redução de custo com estruturas de fixação, transporte e mão-de-obra.

Obs: O policarbonato resiste a agentes químicos, sendo importante observar que alguns agentes podem causar danos quando em contato com as chapas por longo período de tempo.

Nota: A limpeza deve ser feita utilizando água morna, sabão neutro e esponja macia.

 

Principais Benefícios da Chapa de Policarbonato

Excelente resistência mecânica

Excelente resistência ao impacto, superior a do vidro em 250 vezes e a do acrílico em 30 a 40 vezes

Não deforma quando exposta a temperaturas de até 120ºC

Excelente transmitância de luz (acima de 90%)

Excelente resistências intempéries climáticas (raios UV solares)

Fácil usinabilidade e curvatura a frio

Material atóxico e de alta durabilidade

 

Aplicações

Construção civil

Projetos residenciais: coberturas, clarabóias lisas e curvas, portas, janelas e basculantes  

 

Projetos comerciais: shopping centers, hotéis, restaurantes, entradas sociais, escolas, hospitais

Projetos industriais: coberturas de galpões, proteção p/ maquinas, viseiras e capacetes, isolantes acústicos.

Transportes: ônibus, trens, metrô, carros fortes, aeronaves e embarcações, blindagem de veículos

 

Características óticas

Com excelente qualidade de transparência, as características óticas da chapa possibilitam a sua utilização em aplicações as mais diversificadas.

Policarbonato Compact tem um elevado grau de absorção das radiações ultravioleta pela presença importante do estabilizante U.V. que da ao produto estabilidade durante longos anos, conservando praticamente inalteradas as suas características iniciais.

 

Características elétricas

Além da construção civil, a chapa é largamente utilizada na área de componentes em equipamentos elétricos, devido às suas excelentes características elétricas (chassis, luminárias etc.).

A sua elevada estabilidade permite a utilização em situações onde ocorrem constante oscilações de temperatura e umidade ambiente.

Curvatura a frio

Muitas aplicações, na construção civil e na indústria, requerem a curvatura das chapas. Isto é possível desde que o raio de curvatura seja maior do que 100 (cem) vezes a espessura da chapa.

Comportamento ao fogo

Os resultados obtidos com o comportamento da chapa ao fogo atendem às normas vigentes em vários países europeus. Obedecendo às severas condições de segurança e prevenção ao fogo, tem grande aceitação e uso na construção civil.

 

Resistência química do policarbonato

Classe química X Efeitos

Ácidos

Não provocam danos em temperatura ambiente e baixas concentrações

Álcools

Etanol, Isopropílico e Etílico não provocam danos. O álcool metanol provoca danos ao policarbonato

Álcalis

Não provocam efeitos em temperatura ambiente e baixas concentrações: Concentrações e temperaturas elevadas atacam o policarbonato

Hidrocarbonetos Alifáticos

Não provocam danos ao policarbonato

Aminas

Evite. Atacam quimicamente o policarbonato

Hidrocarbonetos Aromáticos

Evite. São solventes que causam severos danos químicos ao policarbonato

Detergentes

Soluções de sabão neutro não provocam danos, porém detergentes altamente alcalinos devem ser evitados

Ésteres

Evite. São solventes que causam severos danos químicos ao policarbonato

Graxas e óleos

Evite. Muitos aditivos usados nestes materiais causam severos danos químicos ao policarbonato

Hidrocarbonetos Halogenados

Evite. Causam severos danos ao policarbonato

Óleo de silicone

Em temperatura máxima de 85º C não provocam danos. Porém a composição química destes produtos tem como base hidrocarbonetos aromáticos devendo ser evitados

OBS: Considerar que o tempo de exposição a estes agentes deve ser o mínimo possível.

 

Manuseio e instalação

O manuseio da chapa é muito simples e permite que qualquer pessoa, desde que utilizando os equipamentos necessários, possa usinar e preparar a chapa para instalação.

 

Usinagem

As chapas podem ser cortadas e furadas. Recomendamos serras de fita ou circulares e brocas fabricadas de aço carbono. Para as operações de corte e furação, as chapas devem estar fixadas em bancadas de trabalho, para que se evitem riscos. É importante que ao final da operação de corte as extremidades das chapas sejam levemente arredondadas, evitando o acúmulo de tensões residuais.

 

Montagem

Para o processo de instalação das chapas podemos utilizar estruturas de alumínio, aço ou madeira disponíveis no mercado. A área de engastamento e os acessórios para fixação devem possuir guarnições de EPDM ou neoprene expandido, ou silicone neutro, além de vedar, auxiliam a fixação das chapas à estrutura.

A espessura das chapas deve estar de acordo com a área de instalação, e a carga que irão sofrer. Dicas para instalação de chapas compactas:

- estrutura que irá acomodar a chapa deve estar limpa;

- as dimensões da chapa devem estar de acordo com as dimensões da estrutura;

- para estruturas curvas as chapas permite um raio de curvatura máximo de 100 vezes a sua espessura;

- remover o filme de PE da superfície que entrará em contato com as guarnições;

- o restante da superfície da chapa deve permanecer protegida pelo filme de PE até o final da obra.